O site de RedCLARA usa cookies para te oferecer a melhor experiência possível na web.

Ao continuar a usar este site, você concorda em que armazenemos e acessemos cookies em seu dispositivo. Por favor, certifique-se de ler a Política de Cookies. Learn more

I understand

Extensão do projecto EUMEDCONNECT3 e aumento da capacidade do Líbano estimulam RNIEs do Mediterrâneo

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

IMG 1466

O ano começou bem para a comunidade TIC do Mediterrâneo Oriental graças a uma extensão de três anos do projecto EUMEDCONNECT3, financiado pela UE e que apoia a conectividade internacional de P&D na região.

 

Mas isso não é tudo: até dezembro de 2019, os parceiros beneficiários da Jordânia, do Líbano e da Palestina também podem se beneficiar de um aumento da quota de cofinanciamento da Comissão Europeia de 36% para 60% dos custos totais do projecto, catalisando novas conexões e atualizações de capacidade.

A alteração do contrato foi formalizada no início do mês de janeiro entre o coordenador do projeto GÉANT e a Direção Geral de Negociações de Vizinhança e Alargamento (DG NEAR) da Comissão Europeia, que concede € 3,2 milhões de financiamento. A extensão foi anunciada no e-AGE 2016 - o evento emblemático do parceiro de projeto ASREN - realizado no início de dezembro na Universidade Americana de Beirute (AUB), no Líbano. Durante a sessão de abertura, ministros, bem como altos funcionários, inclusive da CE, enfatizaram a importância da alfabetização tecnológica como um fator chave para o progresso sócio-econômico e científico e reconheceram o papel de iniciativas como a EUMEDCONNECT3 para permitir a colaboração internacional e forjar Cidadãos do mundo.

Os participantes da conferência também receberam o anúncio da recente atualização de capacidade do link de conectividade internacional do Líbano. No início de 2016, a AUB alocou 10 Mbps de sua largura de banda na Internet para interconectar-se à rede GÉANT via hub de ASREN em Londres para uma conexão piloto. O sucesso desta e da perspectiva da extensão do projeto EUMEDCONNECT3 levou a que a capacidade fosse aumentada para 320 Mbps em Novembro e acelerou os planos para uma NREN no Líbano.

Para ler a notícia completa, em Inglês, visite: https://www.eumedconnect3.net/Media_Centre/News/Pages/Eastern-Mediterranean-spurred-on-by-EUMEDCONNECT3.aspx