Grid Initiatives for e-Science virtual communities in Europe and Latin America - GISELA

Grid Initiatives for e-Science virtual communities in Europe and Latin America - GISELA

Início: 21 de setembro de 2010
Fim: setembro 2012
Fundo: EC – FP7 - Capacidades
Website: http://www.gisela-grid.eu/
Objetivo Geral: Implementar um modelo de sustentabilidade para a Iniciativa de Grid Latino-Americana (LGI) com base nas Iniciativas Nacionais de Grid (NGI) ou nas Estruturas Grid Domésticas Equivalentes (EDGS), em associação com a RedCLARA, as RNIE latino-americanas, em colaboração com a Iniciativa de Grid Europeia (EGI); fornecer às Comunidades de Pesquisa Virtual (VRCs) uma e-Infraestrutura e serviços para aplicativos relacionados necessários para melhorar a eficácia de sua pesquisa.

Participantes: CIEMAT (Espanha), CEDIA (Equador), CIDETYS (Panamá), CLARA (América Latina), CNRS (França), CUBAENERGIA (Cuba), CUDI (México), HLP (França), INFN (Itália), INNOVA-T (Argentina), RAAP (Polônia), REUNA (Chile), UdelaR (Uruguai), UFCG (Brasil) , UFRJ (Brasil), ULA (Venezuela), UNAM (México), UNIANDES (Colômbia), UDP (Portugal).

Financiado pelo 7 º Programa Marco - Capacidades da Comissão Europeia (FP7-INFRA 2010-2 call - Topic INFRA-2010-1.2.3: Virtual Research Communities), o projeto GISELA (Grid Initiatives for e-Science virtual communities in Europe and Latin America - Iniciativas de Grid para as comunidades virtuais de e-Ciência na Europa e América Latina) visa:
- Implementar um modelo sustentável para a Iniciativa de Grid da América Latina (LGI) com base nas Iniciativas Nationais de Grid (NGI) ou nas Estruturas de Grid Domésticas Equivalentes (EDGS), em parceria com CLARA e as NRENs latino-americanas, em colaboração com a Iniciativa de Grid Europeia (EGI).
- Proporcionar às Comunidades de Pesquisa Virtuais (VRCs) uma e-infraestrutura e serviços para aplicações que são necessárias para melhorar a eficácia da sua pesquisa.

Lançado em setembro de 2010 - com o período de duração definido em 24 meses -, GISELA visa a garantir a sustentabilidade a longo prazo dos componentes latino-americanos da e-Infraestrutura. Isto se traduz nos seguintes objetivos específicos:
  • Estabelecer uma poderosa e-Infraestrutura baseada no legado de EELA-2 (http://www.eu-eela.eu/)
  • Trabalhar e implementar um modelo de sustentabilidade para a e-infraestrutura.
Em paralelo, o projeto apóia as seguintes Comunidades Virtuais de Pesquisa:
  • Pequenas comunidades que surgiram com EELA-e;
  • Comunidades Virtuais maiores, provenientes das áreas de Ciências da Terra, Ciências Biológicas e Física de Altas Energias etc.
Plano de ação: os objetivos mencionados se dividem nas seguintes linhas estratégicas de ação:
  • GISELA estabelece uma infraestrutura de Grid auto-sustentável a partir daquela que foi o legado de EELA-2, fornecendo e apoiando os serviços básicos de operação (CORE). O projeto fornece suporte de rede por meio da coordenação de tarefas internas de rede e desenvolvimento de acordos de interoperação para fortalecer as relações com GÉANT2, CLARA, as NRENs e as NGI na Europa e na América Latina;
  • GISELA trabalha com CLARA no modelo de sustentabilidade para adaptar da melhor forma possível a e-infraestrutua ao ambiente de CLARA e das NRENs;
  • Sob a supervisão de GISELA, CLARA identifica as NRENs que serão responsáveis pela operação e suporte à e-infraestrutura, implementando um plano de negócios. GISELA visa transferir a elas o trabalho de operação e suporte à e-infraestrutura durante o último semestre do projeto.